Não surpreende, preocupa



Não surpreende, preocupa 

Gustavo Maia Gomes

Uma notícia ruim, para os que gostariam de habitar um país menos desigual: o Comitê Gestor da Internet informa que, no Brasil, 35% dos domicílios possuem computador; no Nordeste, somente 14%. Menos da metade. Em termos de domicílios com acesso à Internet, os números são 27% e 11%, respectivamente. A situação relativa é um pouco menos grave na proporção da população usuária da Internet: 41% no Brasil, 28% no Nordeste. 

– Não surpreende.

Para compensar, uma notícia boa, de outra fonte: o complexo tecnológico do Recife, conhecido como Porto Digital, conquistou, na semana passada, pela segunda vez, o título de melhor parque tecnológico do país, concedido pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores. 

– Não surpreende. 

Mas, então, voltamos ao Comitê Gestor da Internet: o desafio da inclusão digital é ainda maior no Nordeste do que no conjunto do país, pois esta região apresenta as menores taxas de crescimento da posse e uso das tecnologias de informação e comunicação. Ou seja, neste item, pelo menos (cuja importância não pode ser subestimada), a desigualdade regional brasileira está aumentando.

– Não surpreende, mas preocupa.

 

Referências:

Comitê Gestor da Internet no Brasil. “TIC Domicílios e Empresas: Pesquisa sobre o uso das tecnologias de informação e comunicação no Brasil, 2010”. São Paulo, 2011 (pág. 137).

Diário de Pernambuco online. “Porto Digital eleito melhor parque tecnológico do país”, 28/10/2011.

(Este artigo será publicado, simultaneamente, em http://www.blogdatametrica.com.br, http://www.econometrix.com.br e http://www.gustavomaiagomes.blogspot.com, 31 out 2011).



    Gustavo Maia Gomes


    Phd em Economia (University of Illinois, USA, 1985); Visiting Scholar (Cambridge University, England, 1987/88), Diretor do Ipea (Brasília, 1995-2003); Professor de economia da Universidade Federal de Pernambuco (1976-2009), Secretário de Planejamento de Pernambuco (1991), autor de livros e artigos; economista e escritor.