O mesmo que 'Market Order' (oredem a mercado). Expressão usada quando da ordem de compra ou venda de um valor mobiliário ao melhor preço disponível.



Opção de compra ou de venda, cujo preço de exercício é igual ao preço à vista em que está sendo negociada a AÇÃO-objeto.



Expressão usada quando da ordem do cliente ao corretor para comprar ou vender um valor mobiliário ao preço de abertura da bolsa.



Conjunto de operações que se realizam de modo contínuo e que concorrem para a manutenção da ação do governo. As atividades desdobram - se em atividades-fins, aquelas que contribuem diretamente para os objetivos a atingir, e as atividades-meios, aquelas que contribuem indiretamente ou que não podem ser individualizadas em um objetivo específico.



Conjunto de atos pelos quais as pessoas satisfazem às suas necessidades, através da produção e troca de bens e de serviços.



Qualquer bem com valor comercial ou valor de troca, pertencente a uma sociedade, instituição ou pessoa física. Também significa a peça contábil onde se registra o valor dos bens e dos direitos pertencentes a uma empresa.



Disponibilidades de numerário, recursos a receber, antecipações de despesa, bem como outros bens e direitos pendentes ou em circulação, realizáveis até o término do exercício seguinte.



Contas com função precípua de controle, relacionadas aos bens, direitos, obrigações e situações não compreendidas no patrimônio mas que, direta ou indiretamente, possam vir a afetá-lo, inclusive os referentes a atos e fatos administrativos da execução orçamentária.



Ativo utilizado para cancelar (descarregar) obrigaçães de liquidação conforme está especificado nas regras, regulamentos ou práticas comuns de um sistema de pagamento.



É todo e qualquer título representantivo de parte patrimonial ou dívida. Compreendem principalmente títulos públicos, certificados de depósitos bancários (CDBs), debentures e outros.



Compreende os ativos tangíveis que: (a) são mantidos por uma entidade para uso na produção ou na comercialização de mercadorias ou serviços, para locação, ou para finalidades administrativas; (b) têm a expectativa de serem utilizados por mais de doze meses; (c) haja a expectativa de auferir benefícios econômicos em decorrência da sua utilização; e (d) possa o custo do ativo ser mensurado com segurança.



Um ativo é identificável na definição de um ativo intangível quando: (a) for separável, isto é, capaz de ser separado ou dividido da entidade e vendido, transferido, licenciado, alugado ou trocado, seja individualmente ou em conjunto com um contrato, ativo ou passivo relacionado; ou (b) resultar de direitos contratuais ou de outros direitos legais, quer esses direitos sejam transferíveis quer sejam separáveis da entidade ou de outros direitos e obrigações. Ativo Líquido: Diferença positiva entre o ativo e o passivo.



composto por ativo realizável a longo prazo, investimentos, imobilizado e intangível.



Conjunto de valores e créditos que pertencem a uma entidade.



Bens, créditos e valores cuja mobilização ou alienação dependa de autorização legislativa.



Valor obtido pelo somatório das parcelas que compõem o Ativo Financeiro e o Ativo Não-Financeiro (Ativo Realizável a curto e longo prazo e Ativo Permanente) do Balanço Patrimonial.



Direitos realizáveis normalmente após o término do exercício seguinte.



Variação das reservas internacionais do país, no conceito de liquidez internacional, deduzidos os ajustes relativos a valorizações/desvalorizações das moedas estrangeiras em relação ao dólar americano e os ganhos/perdas relativos a flutuações nos preços dos títulos e do ouro. Um sinal negativo indica aumento nos haveres.



Compreendem os ativos fixos e os ativos circulantes. Os primeiros participam de vários ciclos de produção, enquanto os últimos são consumidos ou transformados em um ciclo específico de produção ou de distribuição.



Operação financeira com duração de um dia, na qual aplica-se dinheiro a uma taxa previamente combinada entre as partes.