No sentido amplo, é qualquer mercado sem local físico determinado e com livre acesso à negociação. No Brasil, porém, tal denominação se aplica ao conjunto de transações realizadas com títulos de renda fixa, de emissão pública ou privada.



Saldo de posições mantidas pelo investidor em mercados futuros e de opções.



Organização dos Países Exportadores de Petróleo.



Toda e qualquer transação comandada em um sistema que possa resultar em transferência de fundos, títulos, valores mobiliários ou outros ativos financeiros.



Operação acolhida pela câmara ou pelo prestador de serviços de compensação e de liquidação para fins de liquidação.



Conjunto de operações de compra e venda que, associadas a outras de um conjunto de operações de mesma natureza, somente tem suas operações liquidadas financeiramente, de forma simultanea, pelos resultados compensados.



Operação pela qual um investidor vende a vista um lote possuído de ações e o recompra, no mesmo pregão, em um dos mercados a prazo; o custo do financiamento é dado pela diferença entre os preços de compra e venda.



Compra de títulos com compromisso de revenda assumido pelo comprador, conjugado com o compromisso de recompra assumido pelo vendedor, para data futura preestabelecida.



Uma operação de câmbio envolve a negociação de moeda estrangeira através da troca da moeda de um país pela de outro. Uma pessoa que pretende viajar para o exterior precisa fazer uma operação de câmbio, trocando seus reais pela moeda do país a ser visitado.



Levantamento de empréstimo pelas entidades da administração pública, com o objetivo de financiar seus projetos e/ou atividades, podendo ser interna ou externa.



Consiste na compra a vista de um lote de ações e sua venda imediata em um dos mercados a prazo; a diferença entre os dois preços é a remuneração da aplicação pelo prazo do financiamento.



Operação de compra, com compromisso de revenda de títulos públicos federais registrados no Selic. A operação de redesconto é concedida a exclusivo critério do Banco Central do Brasil, por solicitação das instituições financeiras. Essa modalidade de operação tem suas características como prazo, taxas, etc. definidas na Resolução 2.949, de 04/04/2002 e na Circular 3.105, de 05/04/2002.



Compra de títulos sem assunção dos compromissos de revenda assumido pelo comprador e, portanto, sem compromisso de recompra assumido pelo vendedor.



Estoque total das operações de empréstimos e financiamentos concedidos pelas instituições integrantes do Sistema Financeiro Nacional, classificado de acordo com: origem dos recursos e direcionamento dos recursos.



São operações de mercado aberto que visam manter em equilíbrio o mercado de reservas bancárias no curto ou curtíssimo prazo, proporcionando as condições de liquidez adequadas ao bom funcionamento do sistema econômico.



São operações de mercado aberto conduzidas com a finalidade de atingir objetivos em horizontes de médio e longo prazo como, por exemplo, alterar o nível da taxas de juros.



são as despesas com amortizações e encargos, aquisição de títulos, pagamento de sentenças judiciais, transferências, fundos de participação, operações de financiamento, ressarcimentos, indenizações, pagamento de inativos, participações acionárias, contribuição a organismos nacionais e internacionais e compensações financeiras.



Representante de uma sociedade corretora, que executa ordens de compra e de venda de ações no pregão de uma bolsa de valores.



Representante de uma sociedade corretora, que executa ordens de compra e de venda de ações e/ou opções, pelo sistema de pregão eletrônico da BOVESPA.



Agente de direito privado criado para coordenar e controlar a operação das instalações de geração e transmissão de energia elétrica nos sistemas interligados brasileiros. O ONS responde pelo acompanhamento do consumo de energia e do nível de água dos reservatórios das principais usinas do país. Instituído pela lei 9.468/98 e pelo decreto 2.655/98, teve seu funcionamento autorizado pela Aneel por meio da resolução 351/98. O controle da operação do Sistema Interligado Nacional começou em 1º de março de 1999.