Tributos podem chegar a mais de 70% nos presentes das crianças

Fonte: InvestNE, publicado em 09 de Outubro de 2012


Contribuintes com menor poder aquisitivo pagam, proporcionalmente, mais impostos sobre os produtos que adquirem

 

Os pais que desejam presentear seus filhos com um videogame, no próximo dia 12 de outubro, deverão preparar o bolso para pagar até 72,18% de imposto sobre o valor do produto. No caso do tênis importado, o percentual de tributos corresponde a 58,59%. Se o tênis for fabricado no Brasil, o imposto equivale a 44% do valor do calçado. Estas e outras aberrações do sistema tributário nacional encontram-se no estudo feito pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário – IBPT, que possui a maior base de dados sobre temas tributários do País, e traz outros esclarecimentos sobre os impostos embutidos nos brinquedos das crianças.

 

Um aparelho de DVD contém 50,39% de impostos embutidos em seu preço; o aparelho de mp3 ou iPod, 49,45%; a bola de futebol, 46,49%; e a bicicleta, 45,93%. Nos demais brinquedos, como bonecas, carrinhos, jogos e outros, a alíquota pode chegar a 39,70%. Se a opção for roupa, a carga tributária atinge 34,67%.

 

Caso os pais e familiares desejem levar a criançada ao cinema ou ao teatro, para comemorar a data especial, deverão destinar 30,25% do valor do ingresso para os cofres públicos, em tributos federais, estaduais e municipais.

 

O presidente do IBPT, João Eloi Olenike, insiste que "o sistema tributário brasileiro é perverso, uma vez que a maior tributação ocorre sobre o consumo e não sobre a renda, fazendo com que os contribuintes com menor poder aquisitivo paguem, proporcionalmente, mais impostos sobre os produtos que adquirem. A alta carga tributária impede, muitas vezes, que os pais realizem os sonhos dos seus filhos, sendo obrigados a optar por presentes mais baratos que não correspondem à expectativa da criançada", afirma Olenike.